Devo entregar a décima parte dos meus rendimentos à Igreja para ser abençoado?

Ou já sou abençoado porque Cristo Jesus é meu único e suficiente Salvador; e agora ando no Seu caminho?

“e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. João 8:32

O dízimo na lei de Moisés foi destinado para suprir as necessidades dos levitas, mas hoje não há mais a personagem representativa do levita entre nós.

Na Dispensação da Graça o sacerdócio saiu das mãos dos levitas. Cristo veio da tribo de Judá.

“Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei”Hb 7:12

Jesus Cristo já cumpriu toda a Lei Mosaica por nós e no término disse na cruz: Está consumado.  João 19:30

Então, como os cristãos devem contribuir para a obra de Deus?

Façamos conforme nos orienta o apóstolo Paulo, o maior bandeirante do Cristianismo, depois do próprio Jesus Cristo:

“Cada um contribua segundo propôs no seu coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria”. 2Co 9:7

Não se barganha com Deus.

Somos abençoados pela graça que há em Deus; não porque pagamos determinado valor pra isso.

Conclusão:

Na doutrina no Novo Testamento não há obrigatoriedade de se dizimar. Portanto, cada um é livre para contribuir com a obra de Deus, com o valor que puder e quiser.

 

Teólogo Levindo Miranda 

 

Última atualização ( Seg, 08 de Agosto de 2016 19:03 )