JESUS, CUIDA DE NOSSA FAMÍLIA !

Lucas 1:26-38

26 No sexto mês Deus enviou o anjo Gabriel a Nazaré, cidade da Galileia,

27 a uma virgem prometida em casamento a certo homem chamado José, descendente de Davi. O nome da virgem era Maria.

28 O anjo, aproximando-se dela, disse: "Alegre-se, agraciada! O Senhor está com você!"

29 Maria ficou perturbada com essas palavras, pensando no que poderia significar esta saudação.

30 Mas o anjo lhe disse:

"Não tenha medo, Maria;

você foi agraciada por Deus!

31 Você ficará grávida

e dará à luz um filho,

e lhe porá o nome de Jesus.

32 Ele será grande

e será chamado

Filho do Altíssimo.

O Senhor Deus lhe dará

o trono de seu pai Davi,

33 e ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó;

seu Reino jamais terá fim".

34 Perguntou Maria ao anjo: "Como acontecerá isso se sou virgem?"

35 O anjo respondeu: "O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com a sua sombra. Assim, aquele que há de nascer será chamado Santo, Filho de Deus.

36 Também Isabel, sua parenta, terá um filho na velhice; aquela que diziam ser estéril já está em seu sexto mês de gestação.

37 Pois nada é impossível para Deus".

38 Respondeu Maria: "Sou serva do Senhor; que aconteça comigo conforme a tua palavra". Então o anjo a deixou.

 

Deus trabalha em família e com a família.

        No caso, com Maria e José. Deus como criador poderia criar do nada um ser humano a fim de que Jesus o incorporasse. Mas usou Maria para gerar e dar à luz o menino Jesus. E, José como pai terreno, embora sem ser pai biológico.

        Cristo enquanto, ser humano teve uma família onde foi criado e educado.

        Isso evidencia para nós a preocupação que Deus tem com a família.

        Ele sabe que dentro de uma família estruturada e cristã sai um verdadeiro cidadão para trabalhar para a sociedade e um servo para trabalhar na obra de Deus.

 

1.     Os pais são responsáveis

1 Sm 2:12-17 e 1 Sm 4:12-22 

12 Os filhos de Eli eram ímpios; não se importavam com o Senhor 

13 nem cumpriam os deveres de sacerdotes para com o povo; sempre que alguém oferecia um sacrifício, o auxiliar do sacerdote vinha com um garfo de três dentes,

 14 e, enquanto a carne estava cozinhando, ele enfiava o garfo na panela, ou travessa, ou caldeirão, ou caçarola, e o sacerdote pegava para si tudo o que vinha no garfo. Assim faziam com todos os israelitas que iam a Siló. 

15 Mas, antes mesmo de queimarem a gordura, vinha o auxiliar do sacerdote e dizia ao homem que estava oferecendo o sacrifício: "Dê um pedaço desta carne para o sacerdote assar; ele não aceitará de você carne cozida, somente crua". 

16 Se o homem lhe dissesse: "Deixe primeiro a gordura se queimar e então pegue o que quiser", o auxiliar respondia: "Não. Entregue a carne agora. Se não, eu a tomarei à força".

 17 O pecado desses jovens era muito grande à vista do Senhor, pois eles estavam tratando com desprezo a oferta do Senhor.

 

1 Sm 4:12-22

12 Naquele mesmo dia um benjamita correu da linha de batalha até Siló, com as roupas rasgadas e terra na cabeça. 

13 Quando ele chegou, Eli estava sentado em sua cadeira, ao lado da estrada. Estava preocupado, pois em seu coração temia pela arca de Deus. O homem entrou na cidade, contou o que havia acontecido, e a cidade começou a gritar. 

14 Eli ouviu os gritos e perguntou: "O que significa esse tumulto?" 

15 Eli tinha noventa e oito anos de idade e seus olhos estavam imóveis; ele já não conseguia enxergar. 

16 O homem correu para contar tudo a Eli.

 

O homem lhe disse: "Acabei de chegar da linha de batal

ha; fugi de lá hoje mesmo".

Eli perguntou: "O que aconteceu, meu filho?"

17 O mensageiro respondeu: "Israel fugiu dos filisteus, e houve uma grande matança entre os soldados. Também os seus dois filhos, Hofni e Fineias, estão mortos, e a arca de Deus foi tomada".

 

18 Quando ele mencionou a arca de Deus, Eli caiu da cadeira para trás, ao lado do portão, quebrou o pescoço e morreu, pois era velho e pesado. Ele liderou Israel durante quarenta anos.

 

19 Sua nora, a mulher de Fineias, estava grávida e perto de dar à luz. Quando ouviu a notícia de que a arca de Deus havia sido tomada e que seu sogro e seu marido estavam mortos, entrou em trabalho de parto e deu à luz, mas não resistiu às dores do parto.

 

20 Enquanto morria, as mulheres que a ajudavam disseram: "Não se desespere; você teve um menino". Mas ela não respondeu nem deu atenção.

21 Ela deu ao menino o nome de Icabode, e disse: "A glória se foi de Israel", porque a arca fora tomada e porque o sogro e o marido haviam morrido.

22 E ainda acrescentou: "A glória se foi de Israel, pois a arca de Deus foi tomada".

 

Os pais são responsáveis pela educação dos filhos. E Deus vai cobrar isso.

Mas, isso começa pelo casamento responsável.

Hoje em dia, a maioria dos jovens nem namoram mais, só ficam.

Uma total falta de compromisso tanto da parte do moço como da parte da moça.

Como esses jovens vão educar seus filhos?

O que vão ensinar a seus filhos?

É uma imoralidade geral. E, isso vai passando de geração para geração.

Hoje, se ensina que o que vale é dinheiro, nem que se tenha de adquirir de forma imoral; prostituindo, roubando e fazendo outras coisas que não são do agrado de Deus.

2.     Filhos agora dão ordem.

 

Inverteram-se as coisas, são os filhos que dão ordem aos pais.

Exigem roupas e calçados de marca, celulares sofisticados, viagens e até carros.

Não tem hora para sair de casa nem hora para voltar.

Tudo “moderninho “ !

Os pais para evitar atrito e até por comodismo cedem às imposições dos filhos.

Liberdade total.

Quais serão os maiores prejudicados?

Os maiores prejudicados serão os próprios filhos que quando forem estudar acham que podem também mandar nos professores.

E, quando forem trabalhar acham que podem dar ordem ao chefe, da mesma forma que fazem a seus pais.

E, daí?

E, daí; vão receber a conta no olho.

Vão ser mandado para o olho da rua.

E, o pai como fica?

O filho que perde o emprego vai continuar às expensas do pai.

Nunca vai conseguir trabalho.

Quando o pai morrer, vai morrer junto; porque não tem como se sustentar.

 

3.     Família em harmonia.

Oriente seus filhos no sentido de que a família precisa viver em união.

Um ajudando o outro inclusive na limpeza e organização da casa.

“Na hora da limpeza a união faz a força”.

Senão, vira uma bagunça.

Porém, tem que ficar bem claro que quem dá as ordens são os pais.

Assim, como os cristãos obedecem ao Pai Celestial, nossos filhos precisam obedecer-nos.

4.     Primeiro mandamento com promessa.

Êxodo 20:12

12 "Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor,o teu Deus, te dá.

 

Honra teu pai e tua mãe, para que se prologuem os teus dias na terra que o Senhor, teu Deus, te dá.

 

Pais, ensinem obediência a seus filhos para que eles tenham sucesso na vida.

Muita gente não tem sucesso, porque não teve pais que a educaram dentro da Palavra de Deus (Bíblia).

E, nem dentro dos bons costumes (moralidade).

Foram criados largados no mundo.

Cada qual fazendo o que bem entendesse.

É raro o filho ter sucesso na vida, mesmo tendo sido criado com liberdade total.

Observe as pessoas ao seu redor.

 

Conclusão:

_ Pais, eduquem seus filhos dentro da orientação bíblica e dos bons costumes, para que eles tenham sucesso na vida.

Sejam bons cidadãos.

           _ Filhos, obedeçam a seus pais para que tenham uma vida abençoada por Deus.

          JESUS, CUIDA DA NOSSA FAMÍLIA !

 

Teólogo Levindo Miranda

Última atualização ( Qua, 27 de Janeiro de 2016 16:52 )