O DÍZIMO É BÍBLICO ?

O dízimo é bíblico ( Números 18:21)  tanto quanto o é a circuncisão ( Gênesis 17:23-27 ),  o sacrifício de animais em holocausto ( Levíticos capítulos de 1 até 6:8-13), a santificação do sábado (Levíticos 23:3), e o apedrejamento  nos casos  de adultério  ( Levítico 20:10 ), violação do sábado ( Numeros 15:35), desobediência ( Deuteronômio 21:21) e prostituição(Deuteronômio 22:21).

Encontram-se tais ordenanças na Bíblia:

DÍZIMO ->                                            Lv 27:32,  Nm 18:21,  Nm 18:24,  Dt 14:22 e Dt 26:12,
CIRCUNCISÃO->                               Gn 17:10, Gn 21:4  e   Js 5:2,
SACRIFÍCIO DE ANIMAIS ->           Lv capítulos de 1 a 6:8-13,
APEDREJAMENTO ->                       Lv 20:10,  Nm 15:35, Dt 21:21 e 22:21 e
GUARDA DO SÁBADO->                 Lv 23:3

Cristo Jesus veio para nos libertar, porque ninguém conseguia salvar-se pela Lei, nem o Apóstolo Paulo.  Somente um homem perfeito teria condições para cumprir a Lei;  e, ninguém o era nos tempos do Velho Testamento nem nos tempos atuais.

 Somente Jesus não tinha defeito e pode cumprir toda a Lei. E, sem pecado se fez maldito morrendo na cruz, e pelo seu sangue derramado nos proporcionou a salvação.

Então, a partir daí basta crer e ser batizado para ser salvo. Ele pagou o preço pela nossa
salvação. Hoje não temos que pagar mais nada; temos que apenas obedecer a Palavra de Deus, no tocante ao Novo Testamento.  O Velho Testamento já foi por Cristo cumprido.

Agora estamos na Dispensação da Graça.

Portanto, o dízimo que era exigido do povo de Israel, na Velha Aliança, não é exigido do cristão na Nova Aliança.

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas  já se passaram; eis que tudo se fez novo.  2 Co 5:17.

O cristão não é mais escravo da Lei. Pela fé em Cristo Jesus, está liberto.

O cristão deve contribuir para a obra de Deus conforme sua prosperidade, e proposto no  seu coração, sem que haja um percentual determinado pela sua organização religiosa.           

2 Co 9:7 ->  Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria.

Então porque nos dias atuais se adota o dízimo e não a circuncisão, a guarda do sábado, o sacrifício de animais em holocausto e o apedrejamento?
Se observarmos um só item da Lei temos que cumprir a todos ;
senão estaremos sob maldição, conforme

Gálatas 3:10-14 -> 10- Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.
11- É evidente que pela lei ninguém é justificado diante de Deus, porque: O justo viverá da fé;
12- ora, a lei não é da fé, mas: O que fizer estas coisas, por elas viverá.
13- Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;
14- para que aos gentios viesse a bênção de Abraão em Jesus Cristo, a fim de que nós recebêssemos pela fé a promessa do Espírito.

Vamos contribuir para a obra de Deus conforme orientação do Apóstolo Paulo em 2Co 9:7.

Não estamos mais na Velha Aliança. Estamos na Nova Aliança. O véu do Santo dos Santos foi rasgado de alto a baixo quando Jesus disse : está tudo consumado.  Temos hoje acesso direto ao Trono de Deus, sem termos que pagar mais nada para isso.

Teólogo Levindo Miranda