CONGREGAÇÃO CRISTÃ
Jesus Nossa Âncora

Obrigado por visitar nosso site. Esperamos que você tenha gostado do conteúdo.
Estamos abertos para esclarecer dúvidas e aceitar sugestão.

A PAZ DE DEUS.

O que é mais importante no casamento ?

Gênesis 24:1-4 ->

''Abraão já era velho, de idade bem avançada, e o Senhor em tudo o abençoara.Disse ele ao servo mais velho de sua casa, que era o responsável por tudo quanto tinha: "Ponha a mão debaixo da minha coxa e jure pelo Senhor, o Deus dos céus e o Deus da terra, que não buscará mulher para meu filho entre as filhas dos cananeus, no meio dos quais estou vivendo, mas irá à minha terra e buscará entre os meus parentes uma mulher para meu filho Isaque". ''

Gênesis 24:10 -> '' O servo partiu, com dez camelos do seu senhor, levando também do que o seu senhor tinha de melhor. Partiu para a Mesopotâmia, em direção à cidade onde Naor tinha morado.''

Gênesis 24:15-20 -> ''Antes que ele terminasse de orar, surgiu Rebeca, filha de Betuel, filho de Milca, mulher de Naor, irmão de Abraão, trazendo no ombro o seu cântaro.A jovem era muito bonita e virgem; nenhum homem tivera relações com ela. Rebeca desceu à fonte, encheu seu cântaro e voltou.O servo apressou-se ao encontro dela e disse: "Por favor, dê-me um pouco de água do seu cântaro"."Beba, meu senhor", disse ela, e tirou rapidamente dos ombros o cântaro e o serviu.Depois que lhe deu de beber, disse: "Tirarei água também para os seus camelos até saciá-los".Assim ela esvaziou depressa seu cântaro no bebedouro e correu de volta ao poço para tirar mais água para todos os camelos. ''

Considerando os versículos 10 e 20, vemos que Rebeca deu água para beber a 10 camelos, sendo que cada camelo pode reter até 95 litros, totalizando 950 litros; portanto uma tarefa muito pesada até para um homem.

Você está disposto a saciar a sede de até 10 camelos para manter seu casamento?

É claro que para duas pessoas se casarem, primeiramente é necessário se gostarem e se amarem. E, se ambos estão dispostos a dar água para os camelos ; ou seja, se sacrificarem a fim de manter o casamento.

Muitos quando estão para se casarem ficam pensando e se preocupando com :

A- traje :

Como a noiva vai se vestir, vestido longo ou curto, com véu e grinalda, qual a cor do vestido;

como o noivo vai se vestir, qual a cor do terno, gravata, sapato.

B- Festa :

- Quantos convidados;

- Que tipo de comida (cardápio) ;

- Tamanho do bolo ;

- Baile, com que tipo de música.

C- Viajem de lua-de-mel :

- Para onde ir ;

- Quantos dias de duração.

Mas, o mais importante na união é o '' regime de casamento '' , se:

- Com separação total de bens;

- Com separação parcial de bens;

- Com comunhão total de bens.

Isso porque na paixão ninguém acha que pode haver desavença durante a vida de casados.

É logico que todos devem buscar soluções quando algum impasse ocorrer; mas, não raro acontecem desacertos irreversíveis; mesmo porque não ficou bem acertado o '' Financeiro ''.

Na fase de namoro e noivado, tudo é mil maravilhas, um mar de rosas, beijo para cá e para lá , almoço em restaurantes, compras em shopping, porque o dinheiro dá. Porém, após o casamento esse dinheiro pode começar a encurtar, pois vem despesas com a alimentação, aluguel de moradia, roupas, carro; coisa que antes não havia porque cada um morava com os seus pais; e muitas vezes o novo casal não tinha noção de quanto tudo isso custava.

Então é necessário, além da paixão, que se faça um planejamento para a nova vida de casado.

Isso envolve;

- Com quanto cada um vai contribuir com o gasto geral do lar ;

- Compra de moradia própria;

- Estilo de vida (viagem, vestimenta, restaurante, teatro, cinema);

- Investimento ( se há uma preocupação em poupar recursos pensando em gastos futuros dos filhos e também se previnir para a velhice ) ;

- Previdência ( se há preocupação em fazer um plano para a aposentadoria).

É muito triste não ter uma aposentadoria para se gozar uma vida digna na velhice.

Para tudo que se queira fazer nesse mundo envolve dinheiro; e não raro o espírito de sacrifício .

Cada casal deve planejar como quer viver.

O importante, para levar uma vida com certa tranquilidade, o casal precisa ter em mente que antes de gastar tem que ter a receita ( dinheiro ).

Senão vai viver em tribulação a vida inteira; porque o dinheiro nunca vai ser suficiente.

E, essa tribulação fatalmente irá conduzir a brigas constantes, que quando não leva a '' separação do casal '' , vai fazer com que o casamento em vez de ser um mar de rosas , seja um mar de tormentas.

Rescentemente , foi noticíado em jornal que um moço salvo engano, no Estados Unidos, começou a namorar com uma moça bonita, e de natureza muito amável e de uma moral inatacável, acabaram se casando.

A moça não auferia rendimentos financeiros; mas, isso não viria ao caso porque o moço tinha um bom salário, que dava tranquilamente para os gastos normais do casal.

Só que a moça, depois de casada revelou-se uma gastadora desenfreiada; e, passava o cartão de crédito inconsequentemente, sem se preocupar se teria depois recursos para cobrir as despesas.

Apesar das constantes reclamações do marido, a esposa não queria nem saber e continuava gastando até que após tres anos de casados, o marido não aguentou tal situação ( trabalhava, trabalhava, e tudo ia para o ralo ) e acabou pedindo o divórcio.

Veja, então, a importância do regime do casamento , se o casamento fosse com separação total de bens, possívelmente, não fosse necessário o divórcio, pois a mulher só poderia gastar seus recursos, que poderia até serem o que o marido a ela repassasse.

Também , temos notícia de que 50% dos divórcios no meio evangélico são motivados por problemas financeiros .

Casamento não é brincadeira.

Não basta gostar, amar e ter paixão .

Tem que voar com os pés no chão.

Você que está para casar-se , tem força para saciar a sede de até 10 camelos ?

PENSE NISSO ;

Para não ter uma possível decepção.

E, que Deus abençoê sua vida.

Teólogo Levindo Miranda.

Quem esta online

Você tem 4 convidados e nenhum membro online